Atenção

* O SITE JV HOPE NOTICIAS- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião do JV HOPE NOTICIAS

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Pastora Juliana Salles é culpada das mortes de Joaquim e Kauã, declara MP.

Resultado de imagem para Pastora Juliana Salles é culpada das mortes de Joaquim e Kauã, declara MP.
O pai de Joaquim e padrasto de Kauã, Georgeval Alves é suspeito de molestar, agredir e atear fogo nos meninos, que morreram carbonizados. Ele é marido de Juliana e foi preso dias depois da tragédia. A morte dos irmãos aconteceu em Linhares, Norte do Espírito Santo, na madrugada do dia 21 de abril. A mãe das crianças estava em viagem para um congresso religioso em outra cidade. Os meninos estavam sob o cuidado de Georgeval, pastor e marido da também pastora Juliana Salles. Na madrugada do dia 20 a até então inocente Juliana Salles foi presa, considerada culpada pelo Ministério Público. O mandado de prisão por homicídio qualificado foi expedido na última segundafeira (18), pelo juiz André Bijos Dadalto, da 1ª Vara Criminal de Linhares, e foi cumprido pela Polícia Civil de Minas. De acordo a Polícia Civil do estado vizinho, Juliana Salles estava na casa de um pastor no momento da prisão, no bairro São Francisco, em Teófilo Otoni. O município é o mesmo em que Juliana Salles participou de um congresso no dia 21 de abril. “Colhemos provas contundentes de que ela tinha pleno conhecimento do desvio de caráter do próprio marido, da relação conturbada que ele tinha com a própria sexualidade e do menosprezo com o qual ele tratava, tanto os filhos como com o enteado Kauã. Mesmo sabendo disso, tendo pleno conhecimento dos riscos que as crianças estavam submetidas ao ser deixada ao cuidado exclusivo do Georgeval, a Juliana na noite do dia 20 viaja para cidade de Teofiolo Otoni, deixa Kauã e Joaquim com o Georgeval”, afirma Rachel Tannenabaum – Promotora De Justiça. Além disso a promotora conclui dizendo: “ela responde com a omissão dela, com o não agir de uma mãe, pelo mesmo crime de quem executou, tanto os estupros, quanto os homicídios, por isso a Juliana é formalmente ré”. A Juliana Salles então foi imputada por dois homicídios, dois estupros e fraude processual. Quanto ao Georgeval foi imputado dois crimes de homicídio qualificado, dois estupros de vulnerável, dois crimes de tortura e de fraude processual (porque tanto os dois mexeram e mudaram o cenário do crime)
fonte>>>https://segundoevangelho.com/
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comentarios

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JV noticias. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JV noticias poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. . Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados

Atenção: Violência sexual contra criança e adolescente é crime!

Atenção: Violência sexual contra criança e adolescente é crime!
Ligue para o número 100, do Disque Denúncia Nacional
Copyright © JV NOTICIAS | Suporte: Mais Template