domingo, 22 de julho de 2018

Janaína Paschoal explica demora na decisão sobre ser vice de Bolsonaro Em convenção do PSL, advogada saudada com gritos de ‘vice' fez discurso moderado: 'Reflitam se não estamos correndo o risco de fazer um PT ao contrario"



A advogada Janaina Paschoal e o deputado federal e pré candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro durante convenção do PSL no Rio de Janeiro (Ricardo Moraes/Reuters)

Única mulher a discursar durante a convenção do Partido Social Liberal (PSL), que acontece neste domingo, Janaína Paschoal foi recebida com aplausos e gritos de “vice” pelo público que aguardava a oficialização da candidatura de Jair Bolsonaro à Presidência da República.

Ao iniciar seu discurso, contudo, a advogada esfriou os ânimos ao pedir que não houvesse aplausos ou gritos porque queria “dialogar” com a plateia. Em seguida, se disse” muito honrada” com o convite para ser vice de Bolsonaro, mas que precisa de mais tempo para tomar sua decisão.“Iniciamos um diálogo muito profícuo, mas não é possível tomar uma decisão como essa em dois dias”, afirmou. “Para uma parceria de 4 anos, esse diálogo precisa ser mais pormenorizado porque é um trabalho conjunto, um trabalho difícil.”

Ao contrário dos colegas de bancada, que destilaram discursos inflamados, Janaína pareceu mais moderada e falou sobre tolerância às opiniões diferentes. “Não se ganha eleições com um pensamento único e não se governa uma nação com um pensamento único. Seguidores de Bolsonaro têm a ânsia de ouvir um discurso uniformizado. Reflitam se não estamos correndo o risco de fazer um PT ao contrario”, afirmou.As últimas semanas foram marcadas por dificuldades na composição da chapa do presidenciável, com a desistência de possíveis candidatos a vice. Sondados, o senador Magno Malta (PR) e o general Augusto Heleno Pereira (PRP), não fecharam com o deputado.

A escolha de Janaína reforçaria o isolamento de Bolsonaro no cenário político. Sem um vice de outro partido, Bolsonaro terá cerca de 8 segundos em cada bloco de propaganda gratuita no rádio e na TV, já que o PSL é um partido pequeno. Isto pode reduzir a visibilidade do candidato. Ele, porém, não parece preocupado, já que apoia sua força nas redes sociais.

FONTE:https://veja.abril.com.br
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Atenção

* O SITE JV HOPE NOTICIAS- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião do JV HOPE NOTICIAS

ATENÇÃO

Redação: O site JV NOTICIAS é um veículo comunicação independente com notícias do Brasil e do Mundo. Nossa missão é levar ao público a verdade dos fatos, sempre com informações de fontes seguras e confiáveis para você formar sua própria opinião.

Comentarios

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JV noticias. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JV noticias poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. . Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados

Atenção: Violência sexual contra criança e adolescente é crime!

Atenção: Violência sexual contra criança e adolescente é crime!
Ligue para o número 100, do Disque Denúncia Nacional
Copyright © JV NOTICIAS | Suporte: JV NOTICIAS