Atenção

* O SITE JV HOPE NOTICIAS- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião do JV HOPE NOTICIAS

quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Daciolo é investigado por suspeitas de desvio de verba pública Deputado foi um dos destaques do primeiro debate presidencial

O deputado Cabo Daciolo (Patriota-RJ) discursa na Câmara Foto: Alex Ferreira/Câmara dos Deputados/16-05-2017
BRASÍLIA — A Polícia Federal ( PF ) deve concluir, nos próximos dias, investigação sobre suposto desvio de verba pública pelo deputado CaboDaciolo (Patriota-RJ), candidato do partido à Presidência. Considerado um dos protagonistas do primeiro debate televisivo entre os presidenciáveis, realizado na noite de quinta-feira na Band TV, o militar é suspeito de desviar dinheiro da cota para exercício da atividade parlamentar — conhecida como verba indenizatória — por meio de uma empresa contratada. Ao Ministério Público Federal (MPF), Daciolo negou irregularidades.
Daciolo ganhou a cena no debate por declarações religiosas nas respostas sobre suas propostas de governo e pelas perguntas inusitadas feitas a adversários. A Ciro Gomes (PDT), por exemplo, perguntou sobre a União das Repúblicas Socialistas da América Latina (Ursal) e o suposto plano da esquerda brasileira de transformar a região em uma “única nação”. Acrescentou que, no governo dele, “o comunismo não vai ter vez”.
A Polícia Federal recebeu a denúncia contra Daciolo em 2015. Com a verba da Câmara, o deputado teria pago R$ 227,5 mil a uma empresa ligada a conhecidos dele. Ainda em andamento, as investigações do MP apontam para a suspeita de que os serviços de informática não foram prestados pela contratada. De acordo com a apuração, a empresa não tinha empregados registrados no período em que Daciolo a pagou. Outro ponto que despertou a atenção dos investigadores foi a localização dela: uma área residencial.
FONTE:https://oglobo.globo.com
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comentarios

Atenção: Violência sexual contra criança e adolescente é crime!

Atenção: Violência sexual contra criança e adolescente é crime!
Ligue para o número 100, do Disque Denúncia Nacional
Copyright © JV NOTICIAS | Suporte: Mais Template