PM prende quadrilha internacional que furtava celulares em festas no Rio Ao menos 85 celulares foram recuperados pelos policiais após um show no Maracanãzinho na noite de segunda-feira (19); 11 pessoas foram presas, entre elas venezuelanos, colombianos e bolivianos. ~ JV NOTICIAS

ATENÇÃO

ESTAMOS ARRUMANDO O SITE EM BREVE ESTARA NORMAL

PM prende quadrilha internacional que furtava celulares em festas no Rio Ao menos 85 celulares foram recuperados pelos policiais após um show no Maracanãzinho na noite de segunda-feira (19); 11 pessoas foram presas, entre elas venezuelanos, colombianos e bolivianos.

Resultado de imagem para PM prende quadrilha internacional que furtava celulares em festas no Rio Ao menos 85 celulares foram recuperados pelos policiais após um show no Maracanãzinho na noite de segunda-feira (19); 11 pessoas foram presas, entre elas venezuelanos, colombianos e bolivianos.
Uma quadrilha internacional especializada em furto de celulares em festas, segundo a Polícia Militar do Rio, foi presa pela corporação após um evento no Maracanãzinho, na Zona Norte do Rio. O show ocorreu na noite de segunda-feira (19) e o registro de ocorrência foi feito na manhã desta terça (20).
Policiais que estavam na ocorrência informaram que ao menos 100 vítimas relatam que foram furtadas. Até o fim da manhã, cerca de 85 celulares tinham sido recuperados.
Onze suspeitos foram levados para 18ª DP (Praça da Bandeira). Segundo policiais militares do 6º BPM (Tijuca), no grupo de criminosos havia seis homens e cinco mulheres. Entre eles, brasileiros, colombianos, bolivianos e venezuelanos.
Até o fim da manhã, ao menos 40 registros de ocorrência foram feitos na delegacia da Praça da Bandeira, mas a polícia acredita que mais de 100 pessoas tenham sido furtadas no evento. Pelo menos 84 celulares foram recuperados.

Celulares foram recuperados após revista na saída

Ao G1, as vítimas contaram que, após muitas queixas aos seguranças do evento sobre casos de celulares furtados, foi montado um esquema na saída do local: as pessoas que deixavam a festa eram revistadas.
Após as revistas, alguns celulares foram encontrados e os suspeitos foram levados para a delegacia. Entre eles, uma mulher com 14 celulares e um homem que usava uma cinta para esconder os aparelhos que eram furtados.
Uma advogada que estava na festa contou que, ao chegar, foi alertada por um amigo sobre os furtos.
“Assim que entrei, recebi uma mensagem de um amigo meu para colocar o celular e a bolsa pra frente porque estava tendo celular furtado. Não encontrei minha amiga porque já tinham furtado o celular dela”, explicou a advogada que preferiu não se identificar.
“Na saída, eles pediam a senha ou a digital pra desbloquear os celulares que estavam com as pessoas. Eu nunca vi isso. Chegamos aqui [na delegacia] e tinha uma caixa com vários celulares”, completou.
No telão do evento foi informado que as pessoas seriam revistadas na saída, por isso, a Polícia acredita que outros suspeitos tenham conseguido fugir.
De acordo com a PM, ao se darem de conta de que seriam revistados, os criminosos se desfizeram de alguns celulares, joogando-os no banheiro e pelo chão da festa.
Ainda de acordo com a PM, os criminosos que foram levados para a delegacia não confessaram o crime. Duas mulheres foram reconhecidas pelas vítimas e foram presas em flagrante.
Vítimas que foram furtadas em evento no Maracanãzinho passaram a manhã na 18ª DP (Praça da Bandeira) — Foto: Fernanda Rouvenat / G1Vítimas que foram furtadas em evento no Maracanãzinho passaram a manhã na 18ª DP (Praça da Bandeira) — Foto: Fernanda Rouvenat / G1
Vítimas que foram furtadas em evento no Maracanãzinho passaram a manhã na 18ª DP (Praça da Bandeira) — Foto: Fernanda Rouvenat / G1
Vítimas que foram furtadas em evento no Maracanãzinho passaram a manhã na 18ª DP (Praça da Bandeira) — Foto: Fernanda Rouvenat / G1
Vítimas que foram furtadas em evento no Maracanãzinho passaram a manhã na 18ª DP (Praça da Bandeira) — Foto: Fernanda Rouvenat / G1
PM recupera celulares furtados por quadrilha internacional — Foto: Reprodução
PM recupera celulares furtados por quadrilha internacional — Foto: Reprodução
Share:

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Advogado aciona STF para legalizar cocaína no tratamento da Covid-19 Representante da Escola de Humanismo Científico pede também a soltura de todos os condenados por tráfico de maconha e cocaína

  Um advogado, identificado como Alcio Luis Pessoa, entrou com uma ação no  Supremo Tribunal Federal (STF)  para legalizar o uso da maconha ...

Redação: O site JVHOPENOTICIAS é um veículo comunicação independente com notícias do Brasil e do Mundo. Nossa missão é levar ao público a verdade dos fatos, sempre com informações de fontes seguras e confiáveis para você formar sua própria opinião.

Comentarios

SIGA-ME

SIGA-ME
SEJA UM SEGUIDOR

Seguidores

FISIHOLISTICO