Atenção

* O SITE JV HOPE NOTICIAS- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião do JV HOPE NOTICIAS

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

“Venezuela é logo ali”: Celso Portiolli defende vinheta do SBT Apresentador rebate críticas de internautas sobre o slogan "Brasil, ame-o ou deixe-o", resgatado pelo SBT da época da ditadura militar


São Paulo — Se a polêmica com a vinheta resgatada pelo SBT parecia ter esfriado, Celso Portiolli a esquentou novamente ao defendê-la. Em resposta à notícia de um portal sobre televisão, o apresentador do Domingo Legal sugeriu uma nova versão ao slogan “Brasil, ame-o ou deixe-o”, veiculado no início desta semana pela emissora de Silvio Santos: “Brasil: ou você ama ou a Venezuela é logo ali”.
O tuíte de Portiolli rendeu até um bate boca com os internautas. “Triste colocação de alguém que admirava”, escreveu um usuário da rede social. Em resposta, o apresentador disse que o rapaz não gostava dele de verdade. Outros tuítes, como uma resposta a outra pessoa que havia criticado o fato de Portiolli “fazer piada com a ditadura”, foram apagados.Depois de defender o slogan, Celso compartilhou memes envolvendo o presidente eleito Jair Bolsonaro
A polêmica
Nesta terça-feira (6), o SBT veiculou uma das vinhetas utilizadas na ditadura militar durante o governo de Emílio Garrastazu Médici (presidente do Brasil de 1969 a 1974). Em resposta à controvérsia, a emissora afirmou que “cometeu um equívoco de não se atentar que este bordão foi forte na época do regime militar”. Na época, a frase se referia aos brasileiros que se exilaram em outros países fugindo da ditadura.
Representantes do PT acionaram a Procuradoria-Geral da República contra a emissora pela veiculação do slogan. Paulo Pimenta, Paulo Teixeira e Wadih Damous afirmam que o vídeo veiculado pelo SBT “dissemina ainda mais o ódio que vem sendo destilado contra adversários e minorias pelo grupo político vitorioso nas eleições presidenciais”.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comentarios

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JV noticias. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JV noticias poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. . Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados

Atenção: Violência sexual contra criança e adolescente é crime!

Atenção: Violência sexual contra criança e adolescente é crime!
Ligue para o número 100, do Disque Denúncia Nacional
Copyright © JV NOTICIAS | Suporte: Mais Template