Atenção

* O SITE JV HOPE NOTICIAS- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião do JV HOPE NOTICIAS

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Vídeo em que Lula e seus advogados são enquadrados pela juíza Gabriela Hardt viraliza na internet


A juíza Gabriela Hardt já entrou para a história ao enquadrar o ex-presidente Lula durante seu primeiro interrogatório com o petista na Lava Jato. Considerado um orador hábil, capaz de inserir frases de grande impacto político em suas falas, Lula se deparou com um paredão intransponível ao ser interrogado pela juíza federal que substituiu o juiz Sérgio Moro, outra lenda da Lava Jato na Justiça Federal do Paraná. A juíza enquadrou o petista em várias oportunidades durante o interrogatório que durou quase três horas. Os vídeos com as respostas firmes da magistrada viralizaram na internet em poucas horas.

Logo no início do interrogatório, Lula tentou manipular a juíza Gabriela Hardt, questionando-a sobre algo que não tinha relação com a ação penal em que responde pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Nesta ação penal, Lula não é acusado de ser o dono do sítio em Atibaia, mas sim de ter sido beneficiário de um esquema de corrupção envolvendo vantagens indevidas dissimuladas através de obras e benfeitorias na propriedade rural no interior paulista.

Ardiloso, Lula fingiu-se disposto a colaborar com o trabalho da magistrada, mas logo em seguida, tentou assumir o protagonismo do interrogatório indagando a juíza se ele era ou não dono do sítio de Atibaia, uma pergunta descabida.

- Mas, doutora, eu só queria perguntar, para o meu esclarecimento, porque eu estou disposto a responder toda e qualquer pergunta: eu sou dono do sítio ou não?

- Isso é o senhor quem tem que responder, não eu, doutor, e eu não estou sendo interrogada nesse momento - respondeu Hardt.

- Não, quem tem que responder é quem me acusou - disse Lula.

- Doutor, e assim, senhor ex-presidente, esse é um interrogatório e se o senhor começar nesse tom comigo a gente vai ter problema - disse Hardt, que completou: - Então, vamos começar de novo: eu sou a juíza do caso, eu vou fazer as perguntas que eu preciso para que o caso seja esclarecido para que eu possa sentenciá-lo ou para que um colega possa sentenciá-lo. Num primeiro momento, você tem direito de ficar em silêncio mas, nesse momento, eu conduzo o ato, advertiu a juíza com firmeza que surpreendeu Lula e seus advogados. Acabou sobrando para todo mundo.

Neste momento, o advogado José Roberto Batochio tentou argumentar que aquela era uma oportunidade que seu cliente tinha para falar no processo e tinha liberdade para questionar sobre sua acusação. Neste momento, a juíza repreendeu o advogado:

- Eu posso fazer as perguntas ao seu cliente? O senhor o orientou do que está sendo acusado nesse processo? Ele está apto a ser interrogado ou o senhor precisa sair dessa sala e conversar com ele e ele retornar? - desafiou a juíza. Em utras palavras, a juíza tratou o teatro encenado por Lula e sua defesa sugerindo que os advogados de Lula eram incompetentes, dando a eles a oportunidade de informar ao cliente do que ele estava sendo acusado.

Após o disparo à queima roupa na direção da defesa de Lula, Hardt, então, retorna suas atenções para o réu e questiona se o petista já está apto a começar a responder as questões.

- E quando eu posso falar, doutora? - disse Lula.

- O senhor pode falar, responder, quando eu perguntar no começo - respondeu Hardt.

- Mas pelo que eu sei, é meu tempo de falar - afirmou Lula.

- Não, é o tempo de responder às minhas perguntas. Eu não vou responder interrogatório nem questionamentos aqui. Está claro? Que eu não vou ser interrogada? - questionou a juíza.

- Eu não imaginei que fosse assim. Como eu sou vítima de uma mentira...

- Eu também não imaginava, então vamos começar com as perguntas. Eu já fiz o resumo e vou fazer perguntas: O senhor fica em silêncio ou o senhor responde.

Lula descobriu durante seu interrogatório conduzido pela juíza Gabriela Hardt que poderá sentir saudade de Sergio Moro.

FONTE:https://www.imprensaviva.com


.


Gabriela Hardt, a juíza substituta de Moro, enquadrou Lula e Cristiano Zanin em um pito histórico. A reação dos dois diz muito. Só assistindo:
7,714 people are talking about this
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comentarios

Atenção: Violência sexual contra criança e adolescente é crime!

Atenção: Violência sexual contra criança e adolescente é crime!
Ligue para o número 100, do Disque Denúncia Nacional
Copyright © JV NOTICIAS | Suporte: Mais Template