Atenção

* O SITE JV HOPE NOTICIAS- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião do JV HOPE NOTICIAS

terça-feira, 11 de junho de 2019

Bolsonaro se reúne com Moro pela 1ª vez e o condecora após vazamentos...

Andre Coelho/Folhapress
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, se reuniu hoje de manhã com o presidente Jair Bolsonaro (PSL) no Palácio da Alvorada. Foi o primeiro encontro entre eles desde o vazamento de mensagens privadas entre Moro, quando era juiz federal responsável pela Operação Lava Jato em Curitiba, e integrantes da força-tarefa que podem colocar em xeque sua isenção nos processos.De lancha, eles seguiram para evento da Marinha, no qual Moro foi condecorado com a medalha da Ordem do Mérito Naval. Os dois sentaram lado a lado durante a cerimônia, que teve a participação de outros 13 ministros como Paulo Guedes (Economia), Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos). Moro chegou ao Alvorada por volta das 9h15 em carro com vidros escuros sem falar com a imprensa. O ministro e o presidente ficaram a sós por menos de 30 minutos, pois, por volta das 9h50, embarcaram na lancha Amazônia da Marinha na marina privativa do Palácio da Alvorada. A embarcação seguiu para o Grupamento de Fuzileiros Navais, também situado às margens do Lago Paranoá. Inicialmente, o encontro não estava previsto na agenda nem de Bolsonaro nem de Moro. No início da tarde, o presidente segue para São Paulo, onde terá compromissos na Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo). O evento na Marinha começou pouco após às 10h e 180 pessoas, civis e militares, brasileiras e estrangeiras foram condecoradas com a medalha do Ordem do Mérito Naval. Além de Moro, entre os condecorados estavam outros 13 ministros, o advogado-geral da União e o presidente do Banco Central, estes últimos com status de ministro. Dois dos filhos de Bolsonaro, Carlos e Flávio, também receberam a medalha no evento. 
Mais cedo, no começo da noite, o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, disse que "jamais foi tocado" no assunto de uma eventual renúncia ou demissão de Moro. As mensagens publicadas pelo site The Intercept Brasil indicam suposta interferência de Moro em ações conduzidas pelo MPF (Ministério Público Federal). A força-tarefa da Lava Jato confirmou o vazamento das mensagens, mas disse que não há nenhuma ilegalidade revelada pelo conteúdo. Foram divulgados trechos de conversas de grupos da força-tarefa no Telegram, aplicativo de mensagens, que teriam sido trocadas entre 2015 e 2018 e obtidos pelo site com uma fonte anônima. Sem discurso na Marinha Bolsonaro não discursou no evento da Marinha, mas foi lida mensagem do presidente em comemoração aos 154 anos da Batalha Naval do Riachuelo. No texto, ele percorre a história da Marinha e ressalta a importância da instituição até os dias atuais. De forma semelhante, foi lida mensagem do comandante da Marinha, almirante de esquadra Ilques Barbosa Junior. Após detalhar a batalha, este afirmou que "o tempo passou, as ameaças da atualidade são multifacetadas, tornando ainda mais complexas as iniciativas para o devido combate". Algumas das ações desenvolvidas pela Marinha citadas foram os programas nuclear, de novos submarinos e navios, como o foco na soberania nacional e na defesa do território brasileiro.
fonte:https://noticias.uol.com.br/
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comentarios

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JV noticias. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JV noticias poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. . Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados

Atenção: Violência sexual contra criança e adolescente é crime!

Atenção: Violência sexual contra criança e adolescente é crime!
Ligue para o número 100, do Disque Denúncia Nacional
Copyright © JV NOTICIAS | Suporte: Mais Template