segunda-feira, 16 de março de 2020

Israel vai testar vacina oral contra o Coronavírus

vacina oral coronavirus
O instituto Migal Galilee trabalha há 4 anos em uma vacina que pode ser personalizada para vários vírus, por isso teve um grande avanço quando surgiu o Coronavírus COVID-19. (Imagem: pesquisadora no laboratório do Migal por Lior Journo).
O Galilee Research Institute (Migal) anunciou que desenvolveu uma vacina oral para o novo Coronavírus que deverá ser testada dentro de "algumas semanas", embora ainda deve demorar alguns meses para realizar os testes clínicos e o processo regulatório até a aprovação para que seja lançada no mercado. 
O Dr. Chen Katz, Chefe do Laboratório de Microbiologia Molecular do Migal, disse ao “The Times of Israel” que a nova vacina oral para adultos e crianças poderia “transformar a doença em um resfriado muito leve”. Ele disse que, para muitas pessoas que são inoculadas e depois infectadas pelo COVID-19, “potencialmente não serão afetadas pela doença”.
O rápido progresso no desenvolvimento da vacina contra o coronavírus se deve ao fato do instituto trabalhar há quatro anos em uma vacina que pode ser personalizada para vários vírus, e que agora foi adaptada para o coronavírus, disse Dr. katz.
No entanto, enquanto o Ministério da Ciência de Israel ganhou as manchetes na semana passada divulgando o trabalho do instituto e dizendo que sua vacina pode ficar pronta em três meses, a Dra. Asher Shalmon, diretora de relações internacionais do Ministério da Saúde, alertou contra colocar “falsas esperanças” nele.
A vacina consistirá em uma proteína especialmente produzida, e Katz disse que espera que tenha sucesso em “algumas semanas”. Mas depois vem os testes clínicos, que ocorrerão em conjunto com um parceiro, e a papelada, que levará tempo.
“Quando a proteína estiver pronta, esperamos encontrar o parceiro certo que possa nos levar ao estágio clínico. Os experimentos de testes clínicos não são tão longos e podemos concluí-los em 30 dias, além de outros 30 dias para testes em humanos. Na maioria das vezes é burocracia - regulamentação e papelada”, disse Katz.
O tempo também pode ser perdido devido a "burocracia" em diferentes etapas do processo, até que os reguladores aprovem para avançar.
Katz falou da empolgação que sua equipe sentiu ao perceber que a pesquisa em que estavam envolvidos há quatro anos poderia ser aprimorada para combater o coronavírus. “A oportunidade é incrível aqui”, disse ele. “Todo mundo quer contribuir com algo para a humanidade e quando descobrimos que tínhamos as ferramentas certas para fazê-lo, isso é muito emocionante”.
O grupo de Katz no Instituto Migal tornou-se uma fonte de esperança para muitos, em todo o mundo, desde que revelou em 27 de fevereiro que estavam trabalhando na vacina contra o coronavírus e que esperava obter “aprovação” em 90 dias.
Katz esclareceu que o prazo de 90 dias foi até o produto esteja pronto para testes em humanos e disse que ainda acredita que isso é realidade. Ele disse que os céticos devem entender que sua equipe não está trabalhando em novas pesquisas, mas sim personalizando uma inovação existente, o que significa que uma rápida reviravolta é realista. Ele declarou: “O importante é que estávamos trabalhando em uma vacina, não relacionada a esse surto, e essa é uma grande vantagem”.

 Sobre o desenvolvimento da Vacina Oral contra o Coronavírus
Ele revelou que o processo de desenvolvimento é suficientemente avançado para que sua equipe de dez pessoas não precise do vírus, eles estão utilizando a sequência do vírus disponibiliza por outros pesquisadores.
Segundo Katz a vacina será de cano duplo, empregando dois meios para defender as pessoas contra o coronavírus.
A primeira proteção desencadeia uma resposta na boca para impedir que o COVID-19 entre no corpo “Estamos desenvolvendo as proteínas necessárias para nossa tecnologia de vacinação oral. São proteínas especiais que, quando pulverizadas na boca, penetram nas células epiteliais dentro da boca e ativam uma resposta imune da mucosa, que é a parte da resposta imune em nosso corpo que protege contra a entrada do vírus”.
O segundo nível de proteção entra em ação se o COVID-19 entrar no corpo. Isso reforçará o sistema imunológico de tal maneira que “quando as partículas virais penetrarem, haverá uma proteção imunológica dos anticorpos e dos glóbulos brancos certos”.
Ele disse que será administrado por spray oral e protegerá as pessoas que encontrarem COVID-19 duas semanas após a administração. Ele enfatizou: “este não é um medicamento, não é para tratamento, apenas para prevenção.”
Grande parte do trabalho é realizado por bactérias, afirmou “apresentamos o RNA do vírus às bactérias, fazendo com que elas produzam as proteínas virais”.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Atenção

* O SITE JV HOPE NOTICIAS- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião do JV HOPE NOTICIAS

ATENÇÃO

Redação: O site JV NOTICIAS é um veículo comunicação independente com notícias do Brasil e do Mundo. Nossa missão é levar ao público a verdade dos fatos, sempre com informações de fontes seguras e confiáveis para você formar sua própria opinião.

Comentarios

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JV noticias. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JV noticias poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. . Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados

Atenção: Violência sexual contra criança e adolescente é crime!

Atenção: Violência sexual contra criança e adolescente é crime!
Ligue para o número 100, do Disque Denúncia Nacional
Copyright © JV NOTICIAS | Suporte: JV NOTICIAS