Carla Zambelli rebate Sérgio Moro: “Você não estava à venda, porque já estava vendido” ~ JV NOTICIAS

ATENÇÃO

ESTAMOS ARRUMANDO O SITE EM BREVE ESTARA NORMAL

Carla Zambelli rebate Sérgio Moro: “Você não estava à venda, porque já estava vendido”

Carla Zambelli rebate Sérgio Moro: “Você não estava à venda, porque já estava vendido”.
A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), rebateu o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública (MJSP), Sérgio Moro, após comentário no Twitter, sobre operação da Polícia Federal (PF), nesta quarta-feira (27), e que teve como alvos 29 figuras apoiadoras do presidente Jair Bolsonaro, entre elas, a parlamentar.
Veja a lista dos bolsonaristas alvos da operação da PF, no âmbito do inquérito das Fake News:
  • Bia Kicis (PSL-DF)
  • Carla Zambelli (PSL-SP)
  • Daniel Lúcio da Silveira (PSL-RJ)
  • Filipe Barros (PSL-PR)
  • Junio Amaral (PSL-MG)
  • Luiz Phillippe Orleans e Bragança (PSL-SP)
  • Douglas Garcia (PSL-SP)
  • Gil Diniz (PSL-SP)
  • Allan dos Santos (Jornalista)
  • Sara Winter
  • Winston Lima
  • Roberto Jefferson
  • Paulo Bezerra
  • Rey Bianchi (Humorista)
  • Luciano Hang (Empresário)
  • Bernardo Kuster
  • Eduardo Portella
  • Edgar Corona
  • Edson Salomão
  • Enzo Momenti
  • Marcos Bellizia
  • Otavio Fakhoury
  • Rafael Moreno
  • Rodrigo Barbosa Ribeiro
  • Carla Zambelli rebate Sérgio Moro: “Você não estava à venda, porque já estava vendido”

    No Twitter, o ex-ministro disse que é necessário que a PF investigue as Fake News contra membros do STF, já que, o ministro Alexandre de Moraes, diante das denúncias de possíveis interferência de Jair Bolsonaro, manteve os delegados que estavam nas investigações contra os filhos do presidente.
    Em resposta a Sérgio Moro, a deputada Carla Zambelli, questionou ao ex-juiz se era justo a perseguição do Supremo contra pessoas comuns, somente pelo fato de apoiarem o presidente Jair Bolsonaro.
    “Prezado [Sérgio Moro] Você acha justo o que estão fazendo com cidadãos comuns? Jornalistas? – Esse era você o tempo todo? Meu Deus, como pode alguém se esconder por tanto tempo e tão bem?” questionou a parlamentar.
    Em seguida disse: “Liberdade, democracia… Nada disso vale para você? Você não estava à venda, porque já estava vendido”.
  • Ontem, o ministro Alexandre de Moraes derrubou narrativa de interferência de Bolsonaro na PF, ao promover uma verdadeira perseguição do STF, a personalidades de direita, como deputados bolsonaristas, jornalista e humorista favoráveis ao governo do presidente Jair Bolsonaro.
    Ficou extremamente escancarado que não há interferência do presidente Bolsonaro nas ações da polícia federal, uma vez que, se houvesse, o presidente Jair Bolsonaro jamais deixaria que a PF cometesse tal abuso de poder, mobilizando uma ação contra pessoas respeitadas, nacionalmente, e que não cometeram crime algum.
    Vale ressaltar que há mobilizações para se proibir ações das polícias civil e militar, contra o crime organizado e tráfico de drogas, durante a pandemia; Mas de repente, as operações que visam favorecer interesses escusos de políticos e autoridades seguem à pleno vapor.
Share:

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Coppolla retornará à Jovem Pan após acordo com a CNN Brasil Na emissora de rádio, ele apresentará um boletim diário com seus comentários

   comentarista Caio Coppolla voltará a fazer comentários políticos na Jovem Pan. Ele fechou um acordo com a CNN Brasil e apresentará um bol...

Redação: O site JVHOPENOTICIAS é um veículo comunicação independente com notícias do Brasil e do Mundo. Nossa missão é levar ao público a verdade dos fatos, sempre com informações de fontes seguras e confiáveis para você formar sua própria opinião.

Comentarios

SIGA-ME

SIGA-ME
SEJA UM SEGUIDOR

Seguidores

FISIHOLISTICO