quarta-feira, 6 de maio de 2020

Sem lockdown, Witzel vai punir quem não cumprir isolamento no Rio Bloqueio total das atividades está sendo analisada pelo governador, que anunciou aumento da fiscalização nesta terça-feira



O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), analisa a possibilidade decretar o lockdown para tentar reduzir o número de casos de coronavírus no estado. Witzel, no entanto, não tomará qualquer decisão sobre isso pelo menos até o próximo dia 11, quando termina o prazo das medidas restritivas de isolamento social publicadas por ele. Segundo VEJA apurou, estão sendo discutidos, por exemplo, a curva de contágio por Covid-19, o número de leitos disponíveis aos doentes e o grau de circulação da população nas ruas.

Nesta terça-feira, 5, Witzel anunciou que aumentará a fiscalização para punir quem descumprir o isolamento social. O governador explicou que, em parceria com o Ministério Público, a Polícia Militar fechará estabelecimentos comerciais que não estiverem cumprindo as determinações. Os que não estão autorizados a funcionar, por não serem prestadores de serviços essenciais, serão fechados e também multados por descumprimento das regras sanitárias.
Saiba logo no início da manhã as notícias mais importantes sobre a pandemia do coronavirus e seus desdobramentos. Inscreva-se aqui para receber a nossa newsletter

Além disso, de acordo com Witzel, as pessoas que forem flagradas em aglomerações serão levadas para a delegacia e serão autuadas pelo crime de desobediência e responsabilizadas por seus atos. Dados do governo mostram que 60% da população estão nas ruas. “Estamos intensificando essas medidas para impedir que a população se contamine e tenhamos mais pessoas indo para os hospitais públicos e privados, que estão no seu limite de atendimento neste momento”, disse Witzel.

Embora tenha negado que haveria colapso no sistema da rede estadual de saúde em uma entrevista nas Páginas Amarelas de VEJA, Witzel, porém, já admite o problema. O governador tem tido reuniões diárias por videoconferência para avaliar as medidas que estão em vigor no momento e as novas ações que poderão ser adotadas futuramente. Nesta terça-feira, ele participou de um encontro virtual com membros do Ministério Público, da Defensoria Pública e da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), além de representantes de diferentes esferas de governo.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Atenção

* O SITE JV HOPE NOTICIAS- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião do JV HOPE NOTICIAS

ATENÇÃO

Redação: O site JV NOTICIAS é um veículo comunicação independente com notícias do Brasil e do Mundo. Nossa missão é levar ao público a verdade dos fatos, sempre com informações de fontes seguras e confiáveis para você formar sua própria opinião.

Comentarios

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JV noticias. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JV noticias poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. . Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados

Atenção: Violência sexual contra criança e adolescente é crime!

Atenção: Violência sexual contra criança e adolescente é crime!
Ligue para o número 100, do Disque Denúncia Nacional
Copyright © JV NOTICIAS | Suporte: JV NOTICIAS