Vacina do Butantan é a mais segura do mundo, diz Dimas Covas Segundo o diretor, efeitos colaterais mais sérios como febre, náusea, fadiga, perda de apetite e outros se manifestaram em menos de 3% dos 9.000 voluntários ~ JV NOTICIAS

ATENÇÃO

ESTAMOS ARRUMANDO O SITE EM BREVE ESTARA NORMAL

Vacina do Butantan é a mais segura do mundo, diz Dimas Covas Segundo o diretor, efeitos colaterais mais sérios como febre, náusea, fadiga, perda de apetite e outros se manifestaram em menos de 3% dos 9.000 voluntários



O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, armou nesta segunda-feira, 19, que a vacina CoronaVac, que será produzida em São Paulo em parceria com a China, é “a mais segura do mundo”. Ao lado do governador João Doria (PSDB), ele apresentou os últimos resultados dos testes clínicos feitos com 9.000 voluntários no Brasil.
Vacina do Butantan é a mais segura do mundo, diz Dimas Covas | VEJA  RELACIONADAS MAIS LIDAS “É a vacina mais segura neste momento, não no Brasil, no mundo. É o que mostram os dados cientícos”, disse o diretor do Instituto Butantan. Os efeitos colaterais mais sérios, como febre, náusea, fadiga, perda de apetite, entre outros, se manifestaram em menos de 3% dos voluntários, que, segundo Covas, é “estatisticamente insignicante”. As reações que mais apareceram foram dor de cabeça (15%) e dor muscular no local da injeção (18%). “Todas [as vacinas] tiveram efeitos colaterais grau três, que são os mais importantes. A vacina do Butantan não teve”, completou o médico. A complicação de “grau três” ocorre quando um dos voluntários precisa ser hospitalizado em função de algum efeito colateral da vacina. Segundo as informações apresentadas pelo Butantan, a ocorrência de reações adversas entre os voluntários da CoronaVac foi de 35% ante ao menos 70% nas outras vacinas testadas. Em sua fala, Doria ressaltou que a CoronaVac é a vacina que está em estágio mais avançado de desenvolvimento em relações às outras que estão em teste no Brasil. As vacinas da AstraZeneca e Johnson & Johnson’s chegaram a ser suspensas por eventos adversos graves, o que não aconteceu com a do Butantan
Resposta a Bolsonaro Desde a última semana, houve um estremecimento na relação entre o governador de São Paulo e o presidente Jair Bolsonaro, que, nos bastidores, já se colocam como adversários na eleição presidencial de 2022. Em resposta a Bolsonaro, que armou na sexta-feira, 16, em post no Twitter que qualquer vacina contra a Covid-19 não será obrigatória e será liberada “sem açodamento e no momento oportuno”, Doria declarou hoje que “o Brasil precisa mais do que nunca de paz, amor e vacina para salvar a vida dos brasileiros”. Bolsonaro vem tratando com desconança a vacina que está sendo produzida pelo Butantan e a empresa chinesa Sinovac. Nesta segunda-feira, em conversa com apoiadores em um canal na internet, ele armou que “tem um governador aí que está se intitulando o médico do Brasil, dizendo que ela (a vacina) será obrigatória”. “Repito que não será”, disse.
FONTE>https://veja.abril.com.br/
Share:

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Capacete criado no CE pode reduzir internações em UTI por Covid-19 em até 60% Equipamento batizado de Elmo foi desenvolvido por força-tarefa público-privada no estado; recentemente, profissionais do Amazonas foram treinados para usá-lo

   Elmo, mecanismo de respiração artificial não invasivo, pode reduzir em 60% a necessidade de internação em UTI, de acordo com testes Foto:...

Redação: O site JVHOPENOTICIAS é um veículo comunicação independente com notícias do Brasil e do Mundo. Nossa missão é levar ao público a verdade dos fatos, sempre com informações de fontes seguras e confiáveis para você formar sua própria opinião.

Comentarios

SIGA-ME

SIGA-ME
SEJA UM SEGUIDOR

Seguidores

FISIHOLISTICO