Mostrando postagens com marcador Notícias. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Notícias. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 4 de maio de 2021

Antes de piorar, Paulo Gustavo chegou a acordar e interagir Boletim revelou novas complicações no quadro de saúde do ator

 

Paulo Gustavo e Thales Bretas Foto: Reprodução

Um novo boletim médico revelou que, antes de sofrer uma piora no quadro clínico, Paulo Gustavo chegou a acordar e interagir com seu companheiro, Thales Bretas, com quem tem dois filhos, Romeu e Gael, no domingo (2).

De acordo com o boletim, divulgado nesta segunda-feira (3), o humorista sofreu uma embolia, insuficiência cardíaca e lesões cerebrais devido a uma fístula broncovenosa (abertura entre os pulmões e as veias).

Paulo Gustavo tem 42 anos e está internado desde o dia 13 de março, por causa da Covid-19.

Leia, abaixo, a nota emitida pela assessoria do comediante:

“Internado desde 13 de março, no Rio de Janeiro, com quadro de COVID-19, Paulo Gustavo permanece no Serviço de Terapia Intensiva e nas últimas 24 horas surgiram complicações graves.

Depois de alguma melhora, Paulo Gustavo subitamente piorou no dia de ontem.

A equipe médica emitiu, hoje, novo boletim:

‘Ontem à tarde, após redução dos sedativos e do bloqueador neuromuscular, o paciente acordou e interagiu bem com a equipe profissional e com o seu marido.

À noite, subitamente, houve piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais, quando novos exames demonstraram ter havido embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa.

Infelizmente, a situação clínica atual é instável e de extrema gravidade’.

A família do ator continua agradecendo todo o carinho e pedindo orações para uma recuperação de Paulo Gustavo, assim como das demais pessoas acometidas por essa doença terrível.”

FONTE:https://pleno.news/

Compartilhar:

Ataque com faca deixa 2 crianças mortas em creche de Santa Catarina

 


Ao menos duas crianças foram mortas em um ataque com faca a uma escola infantil de Santa Catarina, no Sul do Brasil, nesta terça-feira (4).

O crime aconteceu no período da manhã no município de Saudades, no Oeste do estado, a cerca de 600 quilômetros da capital, Florianópolis. Um adolescente, segundo a polícia, invadiu uma instituição municipal de ensino infantil e atacou as crianças e uma professora com um facão. A mulher ficou ferida, mas sobreviveu. Já as crianças não resistiram.

"A Cre/Copom recebeu diversas ligações informando que um masculino entrou armado de arma branca tipo (facão), na Creche Aquarela Berçário - município de Saudades/SC, diversas ligações pedindo socorro da polícia, que o indivíduo estaria golpeando alunos e professores", disse a Polícia Militar por meio de nota, citada pelo G1.

O autor do ataque foi levado sob custódia. Embora sua identidade não tenha sido divulgada, informações compartilhadas nas redes sociais indicam que ele seria um jovem de 18 anos. 

​Até o momento, não há indicações sobre as possíveis motivações do criminoso. A ocorrência segue em andamento, sob responsabilidade do 2º Batalhão da PM de Chapecó.

FONTE:https://br.sputniknews.com/

Compartilhar:

quinta-feira, 22 de abril de 2021

De acordo com o comandante do 37ª BPM (Resende), o nível de barbaridade foi tão grande, que 'nem os policiais conseguem olhar para a criança'

37ºBPM (Resende)Google / Reprodução
POR CAROLINA FREITAS
Rio - Uma menina de apenas 6 anos está em estado grave após ser brutalmente agredida nesta segunda-feira pela própria mãe, Gilmara Oliveira de Farias e sua companheira, identificada como Brena Luane Barbosa Nunes, no município de Porto Real, no Sul Fluminense. Por causa dos ferimentos causados por socos e chutes, a menor precisou ser intubada. Ela foi encaminhada para o Hospital de Emergência de Resende.
Ainda não se sabe o que teria motivado as agressões. Brena e Gilmara foram presas e encaminhadas para a 100ª DP (Porto Real).
Inicialmente a informação era de que a mãe da menor havia levado a filha ao hospital após ela ter sido espancada por uma mulher (Brena). De acordo com Perry Souza, comandante do 37ª BPM (Resende), a única suposta agressora, até então, seria namorada da mãe da vítima. 
Ainda segundo Perry, no entanto, as duas participaram das agressões. "Não foi só a Brenda, as duas participaram do espancamento. Foi um nível grande de barbaridade, nem os policiais conseguem olhar para a criança. Ela já está no último suspiro, conforme o relato da médica", disse o comandante.
Tanto Brena quanto Gilmara já foram conduzidas à delegacia. O Conselho Tutelar também compareceu a unidade policial. As investigações continuam em andamento.
Fonte:https://odia.ig.com.br/

Compartilhar:

quinta-feira, 15 de abril de 2021

Sinto-me humilhado, impotente na minha cidadania,assistindo perplexo, supostos ministros da suposta suprema corte

 

Sinto-me humilhado, impotente na minha cidadania,assistindo perplexo, supostos ministros da suposta suprema corte, transmutando-se, acintosamente, como advogados de defesa de um chefe de organização criminosa, condenado em três instâncias, que faz e acontece com o beneplácito do stf.
Até que ponto do rés do chão da ética, da prevaricação jurídica, da militância partidária, da arrogância vernacular em sinistras negras togas, humilhando o desamparado e perplexo cidadão - até que ponto assistiremos?
Até que ponto?!
Compartilhar:

terça-feira, 13 de abril de 2021

Babá narrou à mãe tortura de Jairinho a Henry. Veja os prints! Cuidadora de Henry contou que a criança e Jairinho ficaram trancados por alguns minutos em um cômodo do apartamento, com o som da TV alto

 


Uma troca de mensagens entre Monique Medeiros da Costa Silva de Almeida, mãe do menino Henry Borel, de 4 anos, e Thayna de Oliveira Ferreira, babá da criança, descreve uma suposta sessão de tortura a que o menino foi submetido em 12 de fevereiro no apartamento do casal, de acordo com a polícia.

Na conversa, a mulher relata que Henry e o padrasto, o vereador Dr. Jairinho (Solidariedade-RJ), ficaram trancados por alguns minutos em um cômodo do apartamento, com o som da TV alto. A criança depois mostrou hematomas e contou que levou uma “banda” e “chutes” e reclamou de dores no joelho e na cabeça.

A troca de mensagens aconteceu entre 16h20 e 18h03 daquela data, 26 dias antes da morte de Henry. Nas conversas, durante dois minutos, Monique e Thayna falam que Jairinho ficou trancado no quarto com Henry. Os prints dos diálogos de WhatsApp foram encontrados na galeria do telefone de Monique. Os investigadores consideram as informações “absolutamente contundentes”.

Segundo a conversa, depois que o menino deixou o quarto ele correu até Thayna e disse que não quer ficar sozinho na sala. “Me contou que deu uma banda e chutou ele que toda vez faz isso”, disse a babá. Acompanhe abaixo os diálogos entre Thayná e Monique:

Henry trancado no quarto com Jairinho
16:30 – THAYNA: Aí logo depois Jairinho chamou ele para ver que comprou algo

16:30 – MONIQUE: Chama

16:30 – MONIQUE: Aí meu Deus

16:30 – THAYNA: Aí ele foi para o quarto

16:30 – MONIQUE: Estou apavorada

16:30 – THAYNA: De início gritou tia

16:30 – THAYNA: Depois tá quieto

16:30 – THAYNA: Aí eu respondi oi

16:30 – THAYNA: Aí ele nada

16:30 – MONIQUE: Vai lá mesmo assim

16:30 – THAYNA: Tá

16:31 – MONIQUE: Fala assim: sua mãe me ligou falando para vc ir na brinquedoteca brincar com criança

16:31 – MONIQUE: E fica lá um tempo

16:31 – MONIQUE: Jairinho não falou que ia para casa

16:31 – MONIQUE: casa

16:31 – THAYNA: Então eu chamo e nenhum dos dois falam nada

TV alta com voz de desenho
16:31 – MONIQUE: Bate na porta

16:32 – THAYNA: Não respondem

16:32 – MONIQUE: Thaina

16:32 – THAYNA: Eu só escuto voz de desenho

16:32 – THAYNA: Acho melhor você vir

16:32 – MONIQUE: Entra no quarto mesmo assim

16:32 – THAYNA: E daí se tiver acontecendo algo você vê

16:32 – THAYNA: Fico com medo do Jairinho não gostar da invasão

16:32 – THAYNA: Pera vou tentar abrir a porta

16:32 – MONIQUE: Ele não tem que gostar de nada

16:32 – THAYNA: Abriu a porta do quarto

16:32 – MONIQUE: E aí?

16:32 – MONIQUE: Aí meu pai amado

(foto parcial, enviada por THAYNA, aparentemente com HENRY NO COLO)

Henry não quer ficar sozinho na sala
16:35 – MONIQUE: Deu ruim?

16:35 – MONIQUE: Sabia

16:35 – MONIQUE: Pergunta tudo

16:35 – MONIQUE: Pergunta o que o tio falou

16:35 – THAYNA: Então agora não quer ficar na sala sozinho

16:35 – THAYNA: Só quer ficar na cozinha

16:36 – THAYNA: Jairinho falou thayna deixa a mãe dele fazer as coisas

Babá com Henry na sala
16:36 – MONIQUE: Pergunta se ele quer vir pro shopping?

16:36 – THAYNA: Não liga não

16:36 – THAYNA: Falei não to falando com ela não

16:36 – THAYNA: To falando com minha mãe

16:36 – THAYNA: Ai ele ah tá

16:36 – THAYNA: imagem* (fotografia de THAYNA, com HENRY ao lado, aparentemente em um sofá)

16:36 – THAYNA: To sentada com ele na sala

16:36 – THAYNA: Vendo desenho

16:36 – MONIQUE: Fala que vai na brinquedoteca

16:36 – MONIQUE: Eu mando um uber

16:37 – THAYNA: A rose ta fazendo as coisas

16:37 – MONIQUE: Aí meu Deus

16:37 – MONIQUE: Que m****

Jairinho arrumando a mala
16:37 – THAYNA: A rose ta fazendo as coisas

16:37 – MONIQUE: Ai meu Deus

16:37 – MONIQUE: Que m****

16:37 – MONIQUE: Ver se ele quer sair de casa

16:37 – THAYNA: Tô falando com ele

16:37 – MONIQUE: Ou ficar aí

16:37 – THAYNA: Ele quer que eu fique sentada ao lado dele só

16:37 – MONIQUE: Coitado do meu filho

16:37 – THAYNA: Jairinho tá arrumando a mala

16:37 – MONIQUE: Se eu soubesse nem tinha saído

16:38 – MONIQUE: Pergunta o que o tio falou

16:38 – MONIQUE: Fala assim: tio Jairinho é tão legal, o que ele falou com vc?

16:38 – THAYNA: Jairinho tá aqui perto

16:38 – THAYNA: Depois pergunto

16:38 – MONIQUE: Ok

Jairinho andando pela casa
16:38 – THAYNA: Jairinho tá andando pela casa

16:38 – THAYNA: Acho que prestando atenção no que eu tô fazendo

16:38 – THAYNA: (emoji)

16:38 – MONIQUE: Ok

16:38 – MONIQUE: Daqui a pouco vc me fala

16:39 – THAYNA: Aí disfarço

16:39 – THAYNA: Abro outra conversa

16:39 – MONIQUE: Ok

16:39 – THAYNA: Tá bem

16:39 – THAYNA: Tá comigo na sala

16:39 – THAYNA: Qualquer coisa te falo

16:39 – MONIQUE: Ok

16:46 – MONIQUE: Da um banho nele

16:46 – MONIQUE: Pra ver se ele relaxa

16:46 – THAYNA: Ele não quer entrar ali no corredor

Henry reclama de dor de joelho
16:47 – MONIQUE: Pqp

16:47 – MONIQUE: Que m**** do c*****

16:47 – THAYNA: imagem* (fotografia de THAYNA, com HENRY no colo, aparentemente em um sofá)

16:47 – MONIQUE: Coitado

16:47 – THAYNA: Quer ficar assim no meu colo

16:47 – MONIQUE: (emoji)

16:47 – THAYNA: Tá reclamando que o joelho está doendo

16:47 – THAYNA: (emoji)

16:47 – MONIQUE: O que será que aconteceu?

16:47 – THAYNA: Rose até perguntou se ele tinha machucado o pé

Monique pensa em colocar microcâmera
16:50 – MONIQUE: O que

16:50 – THAYNA: Você um dia falar que vai demorar na rua

16:50 – THAYNA: E ficar aqui em algum lugar escondida

16:50 – THAYNA: Ou lá em baixo

16:50 – THAYNA: E chegar do nada

16:50 – MONIQUE: Ele foi pro nosso quarto ou o do Henry?

16:50 – THAYNA: Para o seu quarto

16:51 – MONIQUE: Eu vou colocar microcâmera

16:51 – THAYNA: E sempre no seu quarto

16:51 – MONIQUE: Me ajuda a achar um lugar

16:51 – MONIQUE: Depois eu tiro

16:51 – THAYNA: Meu padrinho instala câmeras

16:51 – THAYNA: Tem até empresa de câmera

16:51 – MONIQUE: Mas tem que ser imperceptível

Babá preocupada com Henry
16:51 – THAYNA: Porque não tá normal

16:51 – MONIQUE: Vdd

16:52 – MONIQUE: Vai me avisando se ele falar alguma coisa

16:52 – THAYNA: E eu tenho medo pq cuido dele com muito amor e tenho medo até dele cair comigo. Aí não sei o que Jairinho faz quando chega, depois ele tá machucado sei lá

16:52 – THAYNA: Tá bem

16:52 – MONIQUE: Tô aqui de olho no telefone

16:52 – THAYNA: Tá bem

(Horário cortado) – THAYNA: imagem* (fotografia de THAYNA, com HENRY no colo, aparentemente em um sofá)

Monique diz que já está chegando
17:02 – MONIQUE: Alguma coisa estranha mesmo

17:02 – MONIQUE: Jairinho me ligou

17:02 – MONIQUE: Dizendo que chegou agora em casa

17:02 – THAYNA: Po

17:02 – THAYNA: Já chegou um tempão

17:03 – MONIQUE: Estranho demais

17:03 – THAYNA: Tá comigo comendo bolo

17:03 – MONIQUE: Ele vai no BarraShopping

17:03 – THAYNA: Muito

17:03 – MONIQUE: Fala pro Henry que o tio vai sair pra trabalhar de novo

17:03 – MONIQUE: Que eu já já chego

17:03 – THAYNA: Tá

17:16 – THAYNA: Saiu agora

17:16 – THAYNA: Tá eu e Henry em casa só

17:19 – MONIQUE: Veja se ele fala alguma coisa

Henry conta à babá as agressões
17:22 – THAYNA: Estou tirando dele

17:22 – MONIQUE: Ok

17:22 – THAYNA: Pera aí

17:25 – THAYNA: Então me contou que deu uma banda e chutou ele que toda vez faz isso

17:25 – THAYNA: Que fala que não pode contar

17:25 – THAYNA: Que ele perturba a mãe dele

17:26 – THAYNA: Que tem que obedecer ele

17:26 – THAYNA: Se não vai pegar ele

17:28 – THAYNA: Combinei com ele agora

17:29 – THAYNA: Toda vez que Jairinho chegar e você não tiver eu vou chamar ele pra brinquedoteca e ele vai aceitar ir

17:29 – THAYNA: Porque estou aqui pra proteger ele

17:29 – THAYNA: Aí eu disse se você confia na tia me da um abração aí ele me deu

Henry fica quieto com a babá
17:30 – THAYNA: imagem* (fotografia de mãos dadas entrelaçadas, aparentemente de THAYNA e HENRY)

17:30 – THAYNA: Tá assim comigo

17:33 – MONIQUE: Como assim? (se referindo ao trecho “Se não vai pegar ele”)

17:33 – THAYNA: Ele não falou mais

Henry está mancando
17:49 – THAYNA: imagem* (vídeo focando nas pernas de HENRY, que está vestindo cueca e calçando chinelo)

17:49 – THAYNA: Tá mancando

17:50 – THAYNA: Mas tô cuidando dele

17:50 – THAYNA: Termina tudo em paz

17:50 – THAYNA: Quando você chegar a gente se fala

17:50 – THAYNA: Vou dar banho nele

17:50 – THAYNA: Beijos

17:51 – MONIQUE: A porta do quarto estava aberta ou fechada qdo Henry entrou no quarto?

Jairinho fechou a porta do quarto
17:57 – THAYNA: Quando Henry entrou estava aberta

17:57 – THAYNA: Depois ele fechou

17:57 – THAYNA: E daí ficou até aquela hora com a porta fechada

17:58 – THAYNA: Henry tá reclamando da cabeça

17:58 – THAYNA: Pediu tia não lava não

17:58 – THAYNA: Tá doendo

17:58 – MONIQUE: Meu Deus

17:58 – MONIQUE: Como assim?

17:58 – MONIQUE: Pergunta tudo Thayná

17:58 – MONIQUE: Será que ele bateu a cabeça?

Henry com a cabeça machucada
18:03 – THAYNA: imagem* (fotografia do joelho esquerdo de HENRY, aparentemente com uma equimose)

18:03 – THAYNA: Ele disse que foi quando caiu que a cabeça ficou doendo.

fonte:https://pleno.news/

Compartilhar:

Universitário é suspenso após dizer que “homem é homem” Owen Stevens revelou que também tem sofrido ameaças após o caso ser revelado

 


Um estudante conservador da State University of New York (SUNY) foi suspenso de um programa educacional obrigatório após declarar, nas redes sociais, suas convicções contra a ideologia de gênero. Em um vídeo publicado em sua conta no Instagram, o universitário Owen Stevens foi enfático ao dizer que “um homem é um homem, uma mulher é uma mulher”.

De acordo com o portal Daily Wire, após a fala de Stevens o caso foi parar na administração da universidade. De posse das acusações contra o aluno, o reitor da SUNY decidiu notificar formalmente o estudante, alegando que a posição científica de Stevens sobre biologia estava “em conflito” com a Lei de Dignidade para Todos os Estudantes do estado.– Você continua a sustentar: “Eu não reconheço o gênero que eles afirmam ser se não forem biologicamente desse gênero”. Esta posição pública está em conflito com a Lei da Dignidade para Todos os Alunos, que exige que os professores mantenham um ambiente de sala de aula protegendo o bem-estar mental e emocional de todos os alunos – afirmou o reitor.

Segundo o Wire, o universitário permanecerá suspenso de atividades práticas do curso até que aceite participar do que a universidade chamou de “plano de remediação”, que inclui deletar os vídeos polêmicos do Instagram, diminuir a frequência de posts nas redes sociais e participar de um “treino” oferecido pela SUNY. O estudante, porém, recusa-se a aceitar a medida.

Owen revelou ainda ao portal que tem sofrido retaliação e ameaças de outros estudantes da instituição de ensino desde que seus vídeos fora descobertos. Por fim, ele declarou que pede apenas que “a coisa certa seja feita” diante da situação.

– Recebi ameaças e incidentes horríveis de estudantes que sentem que estão tornando o mundo um lugar melhor ao se tornarem a polícia do pensamento. No geral, quero que a justiça e a coisa certa sejam feitas – afirmou.

fonte:https://pleno.news/

Compartilhar:
Proxima  → Página inicial

Total de visualizações de página

SITE EM CONSTRUÇÃO todos sejam bem vindos AO NOSSO SITE SE EM NOSSO SITE ESTIVE ALGUMA IMAGEM COM DIREITOS AUTORAIS POR GENTILEZA ENTRE EM CONTATO COM o(21)998742732 PARA DELETAR A IMAGEM ou faremos uma parceira SITE SEM FINS LUCRATIVO
Redação: O site HOPENOTICIAS é um veículo comunicação independente com notícias do Brasil e do Mundo. Nossa missão é levar ao público a verdade dos fatos, sempre com informações de fontes seguras e confiáveis para você formar sua própria opinião.

Postagem em destaque

Inaugurada ponte que conecta os estados de Rondônia e Acre População não precisará usar balsas e trajeto poderá ser feito em menos de cinco minuto

  A Ponte do Abunã conecta o Acre ao sistema rodoviário brasileiro - Foto: Ministério da Infraestrutura Opercurso para ir de Rondônia ao Acr...

Ajude-nos a manter esse site

Ajude-nos a manter esse site
Obrigado pela sua colabortação ADM GERAL DA PAGINA SUA COLABRAÇÃO E IMPORTANTE $0,50 1,00

Pesquisar este blog

SIGA-ME

SIGA-ME
SEJA UM SEGUIDOR

Tradutor