sexta-feira, 21 de maio de 2021

Secom nega que Bolsonaro tenha aumentado o próprio salário Mandatário teve um aumento de R$ 2,3 mil mensais e recebe, agora, R$ 41,5 mil. Governo disse que apenas cumpriu decisão do STF sobre o assunto. Medida garantiu aumento também a Mourão, que passou passou a ganhar 62% a mais do que ministros da Suprema Corte

 


Após o Ministério da Economia editar portaria que permitiu um aumento de salário ao presidente Jair Bolsonaro e ao vice, Hamilton Mourão (PRTB), a Secretaria de Comnicação (Secom) do Governo negou que o mandatário tenha aumentado seu próprio salário.A respeito da mentira que circula de que o Presidente da República teria aumentado o próprio salário, cabe esclarecer: trata-se de uma decisão do STF. O Governo Federal, através de portaria do Ministério da Economia, está apenas adequando-se à decisão do Supremo, respaldada pelo TCU", disse a Secom, em nota.

O presidente teve um aumento de R$ 2,3 mil mensais e recebe, agora, R$ 41,5 mil. Já o general Mourão passa a receber R$ 24 mil a mais que o salário anterior, totalizando R$ 63,5 mil por mês — 62% a mais do que ganham os ministros do Supremo Tribunal Federal.Outros integrantes do primeiro escalão do governo também foram beneficiados pela medida, como é o caso do ministro da Defesa, Walter Braga Netto, e de Eduardo Ramos, da Casa Civil. Enquanto isso, o salário de servidores está congelado desde a promulgação da PEC Emergencial.

No comunicado, a Secom argumenta que a decisão do STF em questão "determina que servidores que acumulam cargos efetivos (com permissão constitucional, como professores e médicos) não podem ficar sem receber a remuneração integral, dentro do teto, por cada serviço prestado"

Além disso, afirma que a mudança "apenas adequa o cálculo do teto remuneratório constitucional, respeitando decisões do STF e do TCU (Tribunal de Contas da União) de que a regra do teto vale para cada salário isoladamente, não sobre a soma das remunerações". A estimativa do governo é de que mil servidores sejam afetados.

Teto

De acordo com a lei, o teto do funcionalismo público é o salário dos ministros do STF — que, atualmente, é de R$ 39,2 mil. A portaria permite que reservistas e servidores públicos aposentados que também exercem cargos públicos recebam acima desse teto.

A portaria é assinada por Leonardo José Mattos Sultani, secretário de Gestão e Desempenho do Ministério da Economia. Ela passa a valer para os salários pagos a partir de maio, sem efeito retroativo. Segundo o ministério, o impacto estimado para este ano é de R$ 181,32 milhões.

fonte:https://www.correiobraziliense.com.br/

Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Total de visualizações de página

SITE EM CONSTRUÇÃO todos sejam bem vindos AO NOSSO SITE SE EM NOSSO SITE ESTIVE ALGUMA IMAGEM COM DIREITOS AUTORAIS POR GENTILEZA ENTRE EM CONTATO COM o(21)998742732 PARA DELETAR A IMAGEM ou faremos uma parceira SITE SEM FINS LUCRATIVO
Redação: O site HOPENOTICIAS é um veículo comunicação independente com notícias do Brasil e do Mundo. Nossa missão é levar ao público a verdade dos fatos, sempre com informações de fontes seguras e confiáveis para você formar sua própria opinião.

Postagem em destaque

Boris Johnson cita Salmo ao ser questionado sobre sua fé: `O tolo diz que Deus não existe´ O primeiro-ministro do Reino Unido citou um texto da Bíblia ao responder a um repórter sobre sua crença em Deus

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, citou um texto da Bíblia ao responder a um repórter sobre sua crença em Deus, durante a c...

Ajude-nos a manter esse site

Ajude-nos a manter esse site
Obrigado pela sua colabortação ADM GERAL DA PAGINA SUA COLABRAÇÃO E IMPORTANTE $0,50 1,00

Pesquisar este blog

SIGA-ME

SIGA-ME
SEJA UM SEGUIDOR

Tradutor